PASSIO de Arvo Pärt

Sem categoria

PASSIO de Arvo Pärt

Dia 28 de Junho, véspera do dia de São Pedro e de São Paulo houve um grande acontecimento na nossa Igreja: o concerto com a peça integral de Arvo Pärt, Passio.
É uma obra baseada na Paixão de Cristo segundo o Evangelho de São João para solistas, coro e orquestra composta em 1982 e revista em 1988. O primeiro esboço foi escrito em 1980 na ocasião em que o compositor, mais a sua família, fugiam da URSS para Viena, Áustria. Essa versão foi revista e publicada em 1988.

Composta por um movimento único dividido em quatro secções pelo texto de Evangelho de São João, Passio usa um barítono para Jesus (o que é muito raro, pois Jesus é quase sempre incarnado por uma voz de baixo- em Bach, por exemplo), um tenor para Pilatos, um quarteto vocal soprano-alto-tenor-baixo para os quatro Evangelistas e um pequeno conjunto musical composto por um oboé, um violino, um violoncelo, um contrabaixo e um órgão.

As quatro partes são constituídas por 50 frases cada uma, mais uma conclusão final de 10 frases. É uma obra complexa que vai abrir os nossos ouvidos e os nossos sentimentos para outras dimensões diferentes das que estamos habituados. Uma obra de difícil execução que só músicos muito bons se atrevem a executar. Neste concerto a obra vai ser ouvida pela terceira vez em Portugal.
A realização desta Obra está a cargo da Escola de Artes da Universidade Católica Portuguesa, Centro Regional do Porto, a quem muito agradecemos na pessoa do Maestro Pedro Monteiro.

Comentários fechados em PASSIO de Arvo Pärt