Início da Catequese

Sem categoria

Este fim-de-semana (25 e 26 de Setembro), começa ou começou a Catequese em todos os centros da nossa paróquia. E como iniciar mais uma etapa catequética é sempre algo de especial e bom, este momento fica marcado pela Festa do Acolhimento que junta catequizandos, pais e catequistas em torno do seu pastor.

Esta pequena cerimónia, presidida pelo nosso Padre Fernando Rosas, pretende sobretudo lembrar a todos que Jesus está sempre de braços abertos para nos receber, acolher, amar e proteger através do seu abraço infinitamente terno. Uma bela forma de dar as boas-vindas a todos, após as férias da Catequese que foram longas… talvez demasiado longas…

Este ano, a Catequese arranca mais cedo, pois o tempo é sempre pouco para aprendermos todas as maravilhas e ensinamentos que Deus nos tem a revelar. E não podemos esquecer que o que aprendemos em cada caminhada é apenas uma pequeníssima gota desse imenso oceano que é Jesus.

Assim, dias 2 e 3 de Outubro todos os meninos e meninas que frequentam a Catequese na nossa paróquia deverão apresentar-se junto do seu/ sua catequista de forma a recomeçar … Talvez a palavra “recomeçar” não seja a mais correcta, pois afinal a Catequese faz-se diariamente, sobretudo lá em casa, não é? Por isso… Continuação de Boa Catequese!

Está aí mais um ano pastoral… Tempo talvez para reflectirmos também de forma mais individual, silenciosa e aprofundada sobre o significado desta expressão tão sugestiva e bonita e que tanto tem a ver com a nossa Missão de Fazer Catequese

Assim, aos Catequistas, fica o apelo para serem, ao longo deste ano, ovelhas de um rebanho que deve pôr toda a sua confiança no seu Pastor, seguindo as suas orientações, escutando os seus sábios conselhos… Há que contribuir para o crescimento e para o Bem comum do grande grupo, conscientes de que a “messe é grande, mas os trabalhadores são poucos”… Há que auxiliar no resgate de ovelhas perdidas e encaminhá-las pelos trilhos da Fé que não são certamente os mais fáceis. Ao mesmo tempo, Catequistas, não vos esqueçais: vós mesmos sois também pastores, mais pequeninos e menos sábios, mas com uma grande e nobre missão a desempenhar: guiar e orientar por sendas direitas pequenas ovelhinhas, por vezes tão perdidas no mundo confuso da modernidade… Missão Impossível? Talvez Não… Deus criou-nos à sua imagem e semelhança e a força do seu Espírito Santo habita nós e há-de dar-nos a força necessária para avançarmos… Há que alimentar essa chama viva! Não a deixes esmorecer!

1 Comentário

1 Comentário

  1. amelia moreira  •  Out 2, 2010 @11:11

    gostaria de saber o nº telemovel da catequista do meu filho que se chama D.Adelaide para falar com ela . Obrigada

Deixe uma resposta

Allowed tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>