Festa da Vida / Festa do Credo

Sem categoria

A Festa do Credo vai realizar-se amanhã, dia 29 de Maio, pelas 11h, na nossa Igreja Matriz. Um momento muito especial para estes pré-adolescentes que terminam agora a Catequese da Infância. Por isso, trarão a sua vela baptismal e, perante a família cristã, irão reacendê-la e dizer alto e em bom som: “SIM, CREIO!”.
O centro desta festa, também denominada por Profissão de Fé, é a oração do Credo. “Profissão” no sentido de “professar”, ou seja, reconhecer publicamente a condição de cristão, seguir, abraçar a Fé. “Credo” significa “Creio”, ou seja, “Acredito” e, tal como o nosso Pe. Rosas fez notar, algures num dos muitos encontros que com ele vamos tendo ao longo do ano pastoral, trata-se de uma oração difícil de rezar individualmente, mas que flui facilmente das nossas bocas e dos nossos corações quando rezada em grande grupo. De facto, é uma fórmula para ser dita com firmeza e em voz alta, perante a comunidade, pois resume as bases em que assenta a nossa Fé. Assim, os meninos e meninas do 6º ano, irão rezá-la perante todos, cheios de força e alegria!
Este ano não são muitos, mas, acreditamos que, tal como reza o ditado, “são poucos, mas bons!” e irão certamente continuar a crescer com a ajuda dos Pais e dos Catequistas na Catequese da Adolescência!
Parabéns a todos!

No passado dia 15 de Maio, celebraram a Festa da Vida 12 adolescentes do 8º ano de Catequese de toda a Paróquia. A Festa foi inserida na Eucaristia Dominical das 11h, na Igreja Matriz. Nesta Celebração, festejamos com estes adolescentes o Grande Amor de Deus por nós, ao nos entregar Jesus, Fonte de Vida. Cada adolescente, depois da bênção das Cruzes, foi convidado a dizer, perante toda a comunidade, quem é para si Jesus, o Crucificado, e levou para casa uma Cruz. Pretende-se que, ao olharem-Na, se recordem sempre do Amor de Jesus por cada um de nós e pela Igreja, e que se lembrem também que cada um deve tomar a sua Cruz e seguir Cristo fiel e generosamente. Foi belo observar nestes adolescentes a vontade de segurar na mão de Deus e ir, como escutamos no cântico que entoaram, e esperamos que esta seja sempre a sua atitude ao longo das suas vidas. Catequista Raquel

Sem comentários

Deixe uma resposta

Allowed tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>